Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cenas & Coisas

Cenas & Coisas

11.Set.22

Cinque Terre e arredores

Saímos de Como no nosso 5º dia em Itália. Mais uma vez apanhamos o comboio para chegar até ao nosso 3º destino, Génova. Comprei os bilhetes com antecedência quando ainda estávamos em Portugal para poder ter lugares com mesa, assim estávamos os 4 juntos. A viagem demorou mais ou menos 3h00. Génova fica na região de Ligúria e escolhemos ficar lá para ser relativamente perto das vilas de Cinque Terre e de Portofino. Génova tem muita história e muita coisa para ver, mas como privilegiamos a visita às cidades mais a sul, escapou-nos muitos dos pontos importantes a ver. Ficamos 4 dias e só dedicamos um dia a Génova.

Vou dividir este artigo por dia que passamos na região da Ligúria.

 

B1F3E66A-8924-4DAC-8466-C507098D644A.jpeg

 

Génova

 

Ficamos num apartamento no Porto Antico que é uma zona muito movimentada com várias atrações turísticas concentradas nessa zona como o Aquário de Génova, o navio pirata Neptuno e a marina com bares e restaurantes.

 

F18B54CA-28ED-406B-B0EB-44D61EF7A981.jpeg

 

Visitamos o Aquário que existe desde 1992 com uma área de 9.700 metros quadrados para um total de 6.000 espécimes marinhos e não marinhos inseridos em seus ecossistemas.

 

761EBEC2-8249-4726-8EEC-A7130D558665.jpeg

 

E198B1AF-F8DC-4646-8500-0BFBE55A3330.jpeg

 

3ABB835D-F53E-44A2-BDE5-6051F8865067.jpeg

 

0C4F6E97-F8E4-46CD-B7D7-D05BDF4A9EBC.jpeg

 

As crianças adoraram, até porque foi o primeiro aquário que visitaram. Há uma pequena área dedicada ao filme de Nemo da Disney onde estão os peixes que se podem ver no filme.

 

624F2E68-C6B8-4A84-B3B7-81255084830E.jpeg

 

221B4FA1-4281-45E6-979D-DE81BB290B72.jpeg

 

62C98873-F43C-409E-9AEC-483928ACF845.jpeg

 

Passamos lá uma manhã inteira e foi muito bem passada.

À tarde apanhamos o autocarro e fizemos uma visita panorâmica em que passamos pela praça Ferrari que é um dos símbolos da cidade sendo o coração comercial e financeiro de Génova. Fomos até ao Corso Itália que é um passeio à beira mar.

Queríamos ir até Boccadasse que é uma zona com uma praia pequena que é parecida com as vilas de Cinque Terre, mas estava mesmo muito calor e nesse dia houve algumas baixas.

 

1º dia em Cinque Terre

Comprei bilhetes de comboio com antecedência também para as idas até às vilas de Cinque Terre. Saímos de Génova até Levanto onde se pode comprar a Cinque Terre Train Card na estação de comboio.

O que é a Cinque Terre Card?

Permite apanha o comboio de maneira ilimitada entre Levanto e La Spezia e fazer todos os trilhos que existem. Dá para comprar por 1 ou 2 dias. Também existe um cartão só para os trilhos. É uma despesa grande e se fosse hoje não teria comprado porque na altura do ano em que fomos (julho) não conseguimos fazer os trilhos. Por causa do calor e da multidão que havia não nos arriscamos a fazer os trilhos com as crianças. Por isso o meu conselho é pensarem bem se vale ou não a pena comprar o cartão, porque as viagens de comboio são baratas e no Verão as crianças mais pequenas não pagam. Além disso, fazer as 5 vilas num só dia, mesmo de comboio é difícil, ainda mais com crianças, e mesmo sem é uma correria.

Fica aqui o link do site com informações sobre o parque natural de Cinque Terre: Cinque Terre

 

Quando chegamos a Levanto, fomos almoçar na Focacceria Domè muito famosa que tinha visto no Instagram e valeu mesmo a pena.

 

73CEB92A-D36A-4C6D-B8BE-8956F3A99AFA.jpeg

 

38A7E9CB-6A01-47EC-9038-0EBDC1A95B57.jpeg

 

Voltamos para a estação e fomos até à primeira aldeia das Cinque Terre que decidimos visitar, Riomaggiore.

No mapa é a aldeia que fica mais a sul. É um autêntico postal.

 

37946F57-BC41-4FDD-BAE7-D042F8757987.jpeg

 

A seguir voltamos a apanhar o comboio até Manarola. Para quem gosta de saltar de penhascos para o mar, é o sítio ideal. No meu caso, gosto de tomar banho tranquilamente onde tenho pé.

 

09DA56E0-560C-4E5C-9CCE-8E50D9D7F7DE.jpeg

 

FA977B28-28FC-4871-AE4F-069E5400EE93.jpeg

 

Para finalizar o primeiro dia em Cinque Terre, fomos até Monterosso Al Mare. É a aldeia menos típica, ou seja, com menos charme (na minha opinião) mas é a única com uma praia de areia. Aproveitamos então para tomar banho.

Informação útil. Em Monterosso e nas praias em geral na região de Ligúria como na Toscana onde estivemos depois, há imensas conceções. Só existe um minúsculo espaço onde se pode estender a toalha gratuitamente. Por isso é melhor não ter medo de multidões e de falta de espaço social. Nunca mais digo que não há espaço nas praias do Algarve. Só para dar um exemplo, nesse dia em Monterosso, estávamos na água de molho e vi que um grupo de Italianos estava a instalar-se à volta das nossas coisas. Ou seja, havia espaço de um lado e de outro dos nossos sacos e das nossas toalhas, e abancaram lá como se as nossas coisas fossem sei lá, uma fogueira. Inclusive um deles pôs a sua T-shirt transpirada em cima das nossas coisas……… Tive de sair do mar e instalar as nossas coisas noutro canto onde já havia mais um bocado de espaço.

Apesar disso, o banho foi maravilhoso. A água em Itália é super quente e em Monterosso era uma água linda como em Sesimbra (mas quente ahah).

 

3EE245F4-980F-4640-9ABF-09E0FDCCED92.jpeg

 

36AE8D50-BF26-4230-BB9A-CA5FE069F8BB.jpeg

 

Regressamos a Génova já de noite e, pequena história, queríamos jantar Mc Donalds já que tínhamos um pertinho do apartamento, mas estava fechado. Tinha fechado às 21h00. Fiquei chocada. Não sei se todos os Mc Donalds são assim, mas é melhor ficarem atentos caso tenham uma súbita vontade de hamburgers em Génova.

 

2º dia em Cinque Terre

No dia anterior foi uma correria para aproveitar do nosso cartão e ver o máximo num dia, até intitulamos a nossa aventura de “Cinque Terre Cup” em referência à “Portorosso Cup” do filme Luca da Disney.

Por isso decidimos ter um dia mais tranquilo. Decidimos não experimentar o ferry-boat porque demoraria demasiado tempo a chegar às vilas (apesar de achar que deve ser um passeio bonito). Então só fomos a Vernazza e decidimos ter um momento de Dolce Vita lá.

Vernazza é a aldeia que inspirou o filme Luca para criar a cidade fictícia de Portorosso. Como os meus filhos são fãs do filme da Disney (e eu também) foi um encanto passar lá a tarde.

Almoçamos e tomamos banho.

 

8ADEDBEA-CE8E-4D4B-9D81-23E9646234F5.jpeg

 

348EF38E-372C-4997-A9E8-5CBB4DAF3B42.jpeg

 

03D01E31-2A6A-4385-9D71-196C0F160CD1.jpeg

 

C1449924-A772-4D38-8AEB-99609AFB4311.jpeg

 

Em Itália há fontes com água potável por todo lado, por isso não passamos nunca cede. 

Decidimos acabar o dia em Levanto onde há uma praia grande e com mais espaços gratuitos e de lá voltamos para Génova à noite.

 

D0B4C8EB-53EE-491E-8AA4-25ABDF33D24B.jpeg

 

Portofino e Camogli

Sacrificamos Génova para visitar Portofino, não podíamos falhar a vila mais famosa da Riviera Italiana, onde Kourtney Kardashian casou em maio e que é frequentada por famosos desde Elizabeth Taylor a Jennifer Lopez, etc.

Para chegar a Portofino, apanhámos o comboio até Santa Margherita. De lá pode apanhar-se um ferry-boat ou um autocarro que demora mais ou menos 10 minutos a chegar até à vila italiana.

Apanhamos o autocarro por 6€/pessoa ida e volta. Pelo caminho, à beira mar, vai-se começando a ver iates, qual deles o maior e mais bonito.

Chegamos à hora de almoço e tinham-nos avisado que Portofino é uma vila muito cara, até para comprar uma simples garrafa de água. Então levamos umas sandes (bem boas até) e instalámo-nos à ao pé da marina, em frente de 2 iates onde estavam a beber champanhe e almoçar. Foi bastante irónico.

 

A8C67342-68AF-40FE-B0F6-11950F289F3E.jpeg

 

Portofino é uma vila encantadora, cheia de cor, de luxo, de flores e no meio de colinas. Parte do seu charme também reside no facto de não haver carros no meio da vila (como nas vilas do parque natural de Cinque Terre). Passeamos ao longo da marina e aproveitamos tranquilamente.

 

C6DF4F93-6913-41B2-A7B2-D38F9ECE0B62.jpeg

 

B9EBB21C-8D63-437B-A246-EA15A0C9BBD2.jpeg

 

2AB37B07-F174-4A5A-96A7-D9E1ED28512F.jpeg

 

6263C3A7-9BB4-43B1-9DCD-2D096E67FC21.jpeg

 

Por fim, e porque com o calor que estava, era difícil passar um dia sem dar uma banhoca. Parámos em Camogli (a caminho de Génova) e fizemos praia lá, mais uma vez apertadinhos como sardinhas, mas tanto faz porque estávamos sempre na água.

 

B6743BAD-1610-43F4-8657-60ECA22602A2.jpeg

 

 

Foram dias intensos que passámos enquanto estivemos em Génova, mas que valeram mesmo a pena. Sem dúvida que gostava de voltar ao parque natural de Cinque Terre, mas numa época menos quente para poder fazer os trilhos.

 

Se gostaram deste artigo e quiserem ver mais fotografias ou vídeos sobre a nossa viagem à Itália, podem seguir-nos no Instagram .